A certificação HERITY: Uma abordagem da gestão do Património democrática e universal
7 maio 2019 | 15:00 | Museu Nacional de Arte Antiga

 

 

Orador: 

Jorge Rodrigues
(Coordenador nacional HERITY, UNESCO; Museu Calouste Gulbenkian)

Comentador:
Paulo Pereira

(FAUL)

 

 



 

Jorge Rodrigues
Licenciado em História pela Universidade de Lisboa, Mestre e Doutor em História da Arte (Medieval) pela F.C.S.H. - U.N.L., professor de História da Arte na Universidade Nova de Lisboa de 1993 a 2017 e conservador das colecções de Arte Antiga, Medieval (Islâmica e Europeia), Arménia e Japonesa (estampas) do Museu Calouste Gulbenkian (na Fundação desde 1989).

Especialista em Arte Medieval (arte Românica e da Alta Idade Média), com várias publicações sobre Arte Medieval e Moderna (também sobre Arte das Missões Jesuíticas da América do Sul e do Norte Alentejano).

Participação no projecto da Rota do Românico do Vale do Sousa, promovido pela CCRDN, 2004-2007, como historiador da Arte (definição do programa) e como formador (pós-graduações em parceria com a Universidade Fernando Pessoa, Porto). Professor convidado na Universidade Federal de Ouro Preto (Brasil) e UAEU (Emirados Árabes Unidos).

Coordenador nacional HERITY, da UNESCO, desde Março de 2008, tendo realizado certificações em Florença (Itália: Santa Maria Novella, San Marco, Santa Croce/Cappella dei Pazzi e Santa Maria del Carmine/Cappela Brancacci), San Galgano (Tuscânia, Itália); Nápoles (Itália: Santa Chiara, Museus Arqueológico Nacional e da Universidade Federico II, Pio Monte della Misericordia e Tomba di Virgilio); em Vilnius, Lituânia (Universidade de Vilnius) e em Portugal (22 bens culturais no Médio Tejo).


Paulo Pereira

Historiador de Arte. Professor auxiliar da FAUL. Vice-Presidente do IPPAR entre 1995 e 2002. Dirigiu a História de Arte Portuguesa, em 3 vols, do Círculo de Leitores e publicou diversas obras, entre as quais Arte Portuguesa. História Essencial (2009) e Decifrar a Arte Portuguesa (6 vols, 2014).

ISCTE FCT Portugal
W3C