2011

22.novembro.2011
 

Introdução ao evento pelo Gabinete de Comunicação e Planeamento (GCP)

Um centro de investigação em Sociologia? Breve apresentação.

Introdução às atividades posteriores.

Atividade 1

Compreender os Focus Groups

Investigadores: Nora Machado, Angela Movileanu, Magda Nico

Esta atividade consiste numa introdução prática do método de pesquisa qualitativa do focus group. Serão abordados os aspetos relacionados com a formação e condução do focus group, bem como relaciona a análise e aplicação de resultados. Os participantes nesta atividade terão contacto com este método através da participação direta num focus group, ao debater e analisar temas de interesse geral.

Atividade 2

"Posso fazer-lhe umas perguntas?"

A construção e utilização de um inquérito por questionário em projetos de investigação

Investigadores: Sofia Santos

A urbanização tem impactos nas relações e na confiança entre vizinhos? E na mobilidade das pessoas? Quais são os principais motivos e destinos das deslocações em espaços rurais diferentes? Foi para responder a este tipo de perguntas, entre outras, que um projeto de investigação sobre desenvolvimento local optou por aplicar um inquérito por questionário. São vários os estudos em que são utilizados questionários para conhecer melhor determinada realidade social. Mas quais as situações em que a inquirição por questionário é a metodologia que faz mais sentido?

São várias as perguntas que devemos colocar-nos antes de questionarmos a pessoas. Como decidir que perguntas incluir e como as devemos fazer? Que número e tipo de pessoas devem ser inquiridas? Quais os resultados que esperamos e através de que perguntas? Nesta atividade apresentamos as questões principais que se colocam no desenho e na aplicação de um inquérito por questionário, através de exemplos. Seguidamente, os participantes terão oportunidade de escolher um tema e construir um questionário adequado ao seu estudo.

Atividade 3

Quantitative Analyses: SPSS

Investigadores: Pedro Candeias, Emmanouil Tsatsanis

Qual o melhor país para viver?

A aplicação de inquéritos por questionário a nível internacional permite efetuar a comparação entre opiniões, atitudes e valores dominantes em cada país.

Com esta atividade pretende-se, em primeiro lugar apresentar as características de alguns dos inquéritos por questionário de âmbito europeu; em segundo lugar apresentar alguns resultados, comparando atitudes e valores predominantes em diversos países europeus. Os participantes terão a possibilidade de, com recurso a software de análise estatística, produzir gráficos que permitem uma fácil análise comparativa entre países.

Atividade 4

Workshop de Etnografia: Observar o espaço público

Investigadores: Rita Cachado, Inês Pereira, Lígia Ferro

Esta atividade tem o objetivo de dar a conhecer a etnografia como uma das metodologias possíveis na Sociologia. No início do workshop haverá uma introdução ao conceito de Etnografia e suas utilizações. A experiência etnográfica será feita através da realização de um exercício prático, que consistirá na dispersão dos alunos presentes por diferentes espaços públicos do ISCTE-IUL, e registo das observações realizadas com o auxílio de um guião. As apresentadoras do workshop farão no final uma sistematização das vantagens e dificuldades da utilização deste método.

Atividade 5

Os movimentos de protesto podem ser um objeto de estudo?

Investigadores: Guya Accornero, Britta Baumgarten

Esta atividade tem o objetivo de introduzir de forma geral os aspetos mais salientes da assim chamada "sociologia dos movimentos sociais", através de uma breve apresentação das suas origens históricas, dos seus objetivos, objetos e principais metodologias de investigação. Será depois apresentada mais especificamente uma destas metodologias, a Protest Event Analysis (PEA), que prevê os recursos a diários e jornais como fontes para a construção de bases de dados dos eventos de protesto e para a eventual reconstrução dos ciclos de protestos. Serão explicados os objetivos, as vantagens e as limitações desta metodologia, por passar, numa segunda fase, a uma breve aplicação prática da mesma, na qual será pedido aos estudantes para identificar, em fontes de imprensa, informações a respeito de eventos de protesto, de as recolher e, finalmente, de as analisar.

Apresentação e balanço final das atividades desenvolvidas.

Avaliação da iniciativa e encerramento do evento.
Investigadores: Inês Pereira    
 
Momentos
 
Apresentação final
Assistência
ISCTE FCT
W3C