Semana C&T 2019
Vem experimentar a investigação | 27 novembro 2019

De 24 a 30 de novembro, durante a Semana da Ciência e da Tecnologia, instituições científicas, universidades, escolas e museus abrem portas, proporcionando ao público oportunidades de observação científica e de contacto pessoal com especialistas de diferentes áreas do conhecimento.

 

O CIES-IUL voltou a participar nesta iniciativa da Agência Ciência Viva com uma série de atividades na manhã de 27 de novembro que contaram com a presença de cerca de 60 alunos de secundário. Os participantes da Escola Secundária Camões e da St. Peters School tiveram a oportunidade de se inteirar de um tema e metodologia junto de investigadores do Centro, com uma componente prática/hands on.

 

  

 

  

 

 


 

 

Atividade 1 - Etnografia: Observar e explorar
A sessão foca a etnografia como metodologia qualitativa para obter informação sobre o espaço e as suas apropriações sociais e culturais, usando a observação participante como meio de recolha fundamental e explorando formas de registar os dados observados para a construção de materiais empíricos.

 

Após a introdução à metodologia em sala, faremos um exercício prático nos espaços do ISCTE-IUL, que pretende explorar o espaço e as suas apropriações, através da observação e respetivos registos.

 

Equipa: Rita Cachado & Otávio Raposo / CIES ISCTE-IUL

 


Atividade 2 - Entrevista? Uma técnica, múltiplos formatos, inúmeros desafios e oportunidades.

A utilização da entrevista qualitativa reflete o momento em que os investigadores se passaram a interessar mais pelo indivíduo, pela sua forma de ver o mundo, pelas suas intenções e pelas suas crenças. O tipo de entrevista a utilizar, depende da resposta a estas perguntas: “quais são os objetivos da minha investigação?”; “quem e quantas pessoas pretendemos entrevistar?”; “que informação queremos recolher?”; “como é que devemos interrogar?”.

Cada formato tem associado um conjunto de desafios e de oportunidades, que têm de ser conhecidos e refletidos, criticamente, pelo investigador – antes, durante e após a sua realização. Nesta atividade, convidamos-vos a conhecer, explorar e utilizar diferentes tipos de entrevista, refletindo sobre as suas vantagens e desvantagens, terminando num pequeno ensaio de análise da informação que recolheram e de uma reflexão crítica final sobre a vossa experiência enquanto entrevistadores e entrevistados.

 

Equipa: Vanessa Carvalho da Silva & Liliana Azevedo / CIES ISCTE-IUL

 

 

 

Atividade 3 - Inquérito: Potencialidades e limites

Esta sessão tem por objetivo dotar os participantes de noções sobre a metodologia do inquérito por questionário. Numa primeira fase, prevê-se um pequeno enquadramento sobre esta metodologia, as suas características, potencialidades/limitações, a sua aplicabilidade nas ciências sociais e diferentes modalidades de aplicação. Numa segunda fase, os participantes serão convidados a responder a um pequeno inquérito online sobre a sua atividade escolar, o qual permitirá: (1) a exploração da aplicação desta técnica com recurso a plataformas online; e, (2) a exploração de uma pequena base de dados que resultará da aplicação desse pequeno inquérito.

 

Equipa: Ana Rita Capucha & Inês Tavares CIES ISCTE-IUL

 

 

Atividade 4 - QGIS: A utilização de um SIG gratuito para as Ciências Sociais e Humanidades

Os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) são um conjunto de técnicas e ferramentas (software) para a construção, análise e visualização de dados espaciais. O software QGIS de uso livre e código aberto está a revolucionar o acesso e a divulgação da informação nesta área. A atividade procura dar a conhecer aos participantes a importância e a transversalidade dos SIG para a investigação e para a prática profissional nas diversas áreas disciplinares. Na prática, e a título de exemplo, pretende-se realizar um mapa temático sobre a esperança média de vida nos diversos países do mundo através do software livre QGIS e tendo como base um conjunto de dados abertos online.

 

Equipa: Maria Rosália Guerreiro / CIES CRIA ISCTE-IUL & Ricardo Mendes Correia / CRIA ISCTE-IUL

 

 

Atividade 5 - Fake News nas Redes Sociais

No Laboratório de Ciências da Comunicação os participantes terão uma demonstração prática de ferramentas de extração de dados das redes sociais, do processo de organização e de catalogação dos dados, designadamente fact checking. Apresentação de alguns resultados.

 

Equipa: Inês Narciso & José Moreno / CIES ISCTE-IUL

 

 

 

Atividade 6 - Análise de Fontes Históricas: Biografias prisionais no contexto da Guerra Civil de Espanha

Nesta atividade os participantes contactam e analisam fontes históricas (documentação da PVDE - Polícia de Vigilância e Defesa do Estado) com o objetivo de pesquisar e selecionar elementos caracterizadores da presença de refugiados espanhóis em Portugal entre 1936 e 1939. Com base numa pequena amostra, pretende-se que os participantes tracem o perfil socioprofissional destes indivíduos e caracterizem o fenómeno do refúgio em Portugal nos primeiros anos do regime salazarista do ponto de vista dos seus principais intervenientes.

 

Equipa: Fábio Faria & Maria João Vaz / CIES ISCTE-IUL


----------------

 

Consulte o programa completo.

Veja como foram as edições anteriores.

ISCTE FCT Portugal
W3C