Futuros fechados: desemprego, insegurança laboral e subclasse
Resumo

A entrada no mercado de trabalho continua a ser uma realidade difícil de alcançar para muitos indivíduos, e sobretudo aqueles pertencentes a uma faixa etária mais avançada e menos qualificados.
Para estes indivíduos, o desemprego de longa duração ou subemprego (quer este se trate de trabalho a tempo parcial forçado, emprego residual ou esporádico, ou outro) representam situações das quais é difícil escapar e que moldam os seus quotidianos e marcam as suas vidas, adicionando às mesmas uma dimensão de incerteza e instabilidade. O presente projeto pretende esboçar um retrato das vivências destes indivíduos, compreendendo de que modo a sua situação relativamente ao mercado de trabalho impacta essas vivências, desde a estruturação do seu dia-a-dia até à forma como refletem acerca do presente e futuro.

Date de Início
2018-01-01
Date de Fim
2019-12-31
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT Portugal
W3C