Evolução e Padrões de Casamentos Binacionais em Portugal (1988-2011)
Resumo

Este projeto tem como objetivo descrever, analisar e interpretar uma área que tem merecido um tratamento deficitário em Portugal, isto é, o desenvolvimento dos casamentos binacionais desde 1988 a 2011. Os dados serão recolhidos de instituições oficiais portuguesas, particularmente os micro-dados dos casamentos do Instituto Nacional de Estatística (INE). O estudo destas bases de dados permitirá a análise de certos indicadores demográficos, como sejam o ano do casamento, a cidade de residência, o local de nascimento, nacionalidade, filhos comuns prévios ao casamento, idade dos conjugues, estado civil prévio ao casamento, situação na profissão e nível educacional. Além de permitir a constituição de um considerável acervo de informação quantitativa, o tratamento e análise destes dados permitirá também criar um desenho metodológico longitudinal das principais tendências e padrões dos casamentos binacionais em Portugal, bem como compreender quem são os atores sociais (conjugues portugueses e estrangeiros) envolvidos nestas uniões mistas.

Date de Início
2013-04-01
Date de Fim
2014-09-30
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT Portugal
W3C