Percursos e perspectivas dos Médicos de Família investigadores: um estudo qualitativo e quantitativo para um retrato atual e uma visão estratégica
Resumo

Este projeto surgiu da necessidade de efetuar uma reflexão sobre a investigação em Medicina Geral e Familiar (MGF) em Portugal, dado que as carreiras académica e clínica seguem, geralmente, sentidos distintos, o que pode contribuir para o empobrecimento da investigação. De modo a aprimorar a investigação em MGF em Portugal é essencial distinguir quais os fatores que poderão contribuir para um maior sucesso, nas quais se possa investir e intervir. Com este estudo pretende-se descrever os percursos dos investigadores em MGF em Portugal e identificar quais os fatores que os investigadores desta especialidade consideram contribuir para sucesso em investigação em Medicina Geral e Familiar para que estas ideias possam ser aplicadas e servir de base para novos investimentos nesta área.

 

Investigadores Responsáveis:

Margarida Gil Conde (USF Vasco da Gama)

Paulo Nicola (Unidade de Epidemiologia, IMPSP, FMUL)

 

Equipa:

Alejandra Ortiz e Vera Rodrigues (CIES-IUL), Ana Rente (UCSP Olivais), Raquel Carmona Ramos (USF Vasco da Gama)

 

Date de Início
2019-05-01
Date de Fim
2021-04-30
Parceiros Externos
Instituto de Medicina Preventiva e Saúde Pública
Informação transferida do Ciência-IUL
W3C