A Língua e a Cultura Portuguesas a Oriente: análise ao caso de Macau
Resumo

Tendo subjacente as dimensões política, económica e cultural dos processos de globalização, no âmbito das quais a questão das línguas tem vindo a ser significativamente assinalada, este projecto pretende produzir o desenvolvimento de contributos teóricos e substantivos sobre relações culturais de âmbito internacional bem como sobre dinâmicas socioculturais que, em torno do conceito de lusofonia, se vão (re)desenhando numa área geográfica em que, as mesmas, eram até há bem pouco tempo tidas como inexistentes ou em vias de desaparecimento. A problemática construída, mobilizando contributos da sociologia da cultura, das migrações e etnicidade, da sociolinguistica e da economia das línguas, centra-se em dois eixos de análise que discutem relações "utilitárias-instrumentais-funcionais", por um lado, e, por outro, "identitárias-relacionais-afectivas", estabelecidas em torno da língua e da cultura portuguesas e da sua "localização" numa Macau do Século XXI. A análise do contexto cultural local permitirá estabelecer a relação com dinâmicas globais, perceptíveis na atenção que a RAEM tem vindo a dar à questão da lusofonia, tendo sido possível nos últimos tempos assistir a uma crescente produção de discursos e de realização de iniciativas que evidenciam a especificidade da Região, centrando-se nas abordagens que a valorizam como único local no mundo onde se pode encontrar o cruzamento entre as culturas chinesa e portuguesa, surgindo esta ?herança cultural? como recurso que a RAEM mobiliza na construção da sua identidade e diferença e no equacionamento do seu papel como região administrativa especial da China enquanto plataforma de ligação ao exterior, nomeadamente aos Países de Língua Portuguesa.

Date de Início
2005-02-15
Date de Fim
2009-12-31
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT Portugal
W3C