Automedicação e Cultura de Consumo: as Dinâmicas Sociológicas
Resumo

Identificar as racionalidades socio-culturais em que se inscrevem os comportamentos de automedicação. As principais dimensões de análise são a especialização dos saberes leigos, os critérios sociais de gestão quotidiana da saúde e o crescente hedonismo nas culturas corporais.

Date de Início
2000-10-15
Date de Fim
2003-07-31
Parceiros Externos
CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT
W3C