Movimentos tecnológicos: infraestruturas, literacia e políticas de acesso à Internet
Resumo

O acesso às tecnologias de informação e à internet surge, na sociedade contemporânea, como oportunidade e desafio. Entendido numa tripla dimensão (acesso à informação, à sua produção e partilha), o acesso pleno depende de um conjunto de questões estruturais (financeiras, tecnológicas), de literacia e políticas/legais. Neste trabalho pretende-se explorar o papel da sociedade civil e dos ‘movimentos tecnológicos’ no combate pelo acesso às tecnologias da informação, focando três tipos de actores: (1) os que visam o acesso às infra-estruturas tecnológicas (movimento wireless, partilha de servidores...); (2) os que promovem a capacitação tecnológica, (3) os que actuam a um nível político (movimentos pela liberdade de expressão; comunidade ‘copyleft’, movimento ‘pirata’, etc...). Através de uma estratégia metodológica baseada em análise biográfica, etnografia virtual e análise de redes sociais, procurar-se-á perceber as estratégias de apropriação das tecnologias, o papel da sociedade civil na promoção do acesso a estas e os limites do acesso.

Date de Início
2010-01-01
Date de Fim
2014-12-31
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT
W3C