Sistemas Políticos e Elites nas Transições
Resumo

O estudo dos Sistemas Políticos na Europa do último século são o fulcro principal do trabalho de investigação do candidato. Emergência, evolução, crise e transição são fases que as Nações europeias têm vivido ciclicamente de uma forma mais ou menos violenta e podem-se remeter para, pelos menos, três diferentes grandes famílias políticas: liberalismo, autoritarismo/totalitarismo e democracia. As questões à volta das quais mais se formou a especialização do candidato e se delinearam os seus horizontes de estudo são, portanto, em relação com estas perguntas, que orientaram a pesquisa nos últimos anos: porque os regimes são por sua natureza instáveis? Existem indicadores que possam realçar o estado de “bem-estar” ou, pelo, contrário, a iminente crise de um regime? Quais são as diferenças entre crise “no” Sistema Político e crise “do” Sistema Político? Na mudança dos Sistemas Políticos, como mudam as elites?

 

Date de Início
2008-01-01
Date de Fim
2015-12-31
Parceiros Externos
CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT
W3C