Estratégias organizacionais de ajustamento à crise económica. Análise comparativa de práticas de gestão de recursos humanos.
Resumo

Este projecto de investigação visa analisar a forma como as empresas estão a responder aos desafios da actual crise económica na gestão dos seus recursos humanos. Num quadro económico e social de acentuadas pressões para a redução dos custos de trabalho, muitas organizações adaptam a sua estrutura, políticas ou estratégia, aos condicionamentos externos, procurando assegurar bons níveis de desempenho e, simultaneamente, a manutenção do capital humano adquirido. Recorrendo a dados do Inquérito europeu às empresas (2009 e 2013) e à realização de estudos de caso organizacionais em Portugal, Espanha e Grécia, a investigação pretende analisar as principais dificuldades identificadas pelas empresas na gestão de pessoas e o tipo de medidas de ajustamento accionadas nas respostas à crise. Considerando as interações entre organizações e instituições, o estudo incide sobre empresas de países com configurações institucionais aproximadas e fortemente afectados pela presente crise, propondo o aprofundamento da dimensão empresarial nas análises dos mecanismos de ajustamento do mercado de trabalho.

Date de Início
2014-03-01
Date de Fim
2017-02-28
Parceiros Externos
CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT
W3C