Observatório das Desigualdades
Resumo

O Observatório das Desigualdades é uma plataforma de recolha, sistematização, investigação, difusão e debate de dados e análises sobre desigualdades sociais contemporâneas, numa perspetiva multidimensional: desigualdades de rendimentos e emprego, de habilitações escolares, qualificações e competências, de classe social, género, étnico-raciais ou etárias, na saúde, habitação, práticas culturais, utilização de novas tecnologias da informação e comunicação, entre outras. Os progressos verificados ao longo das últimas décadas na sociedade portuguesa, a múltiplos níveis, não impediram a persistência de formas tradicionais de desigualdade, enquanto outras surgiram ou tornaram-se mais visíveis e intoleráveis. Além disso, no mundo atual têm cada vez mais importância as desigualdades globais e as suas relações com as desigualdades nacionais ou locais. As desigualdades, por outro lado, não são só parâmetros estruturais das sociedades, mas também objeto de ação individual e coletiva, nomeadamente de movimentos sociais e políticas públicas, com consequências variadas na redução ou acentuação das desigualdades sociais. O Observatório toma todos estes aspetos das desigualdades sociais como objeto da sua atividade. Para além de promover a difusão de informação e o conhecimento científico sobre desigualdades sociais, contribui para o debate público e para a fundamentação e avaliação de políticas públicas com incidências nas desigualdades sociais. A concretização destes objetivos faz-se por meio de um conjunto de instrumentos e atividades, com destaque para o sítio eletrónico “Observatório das Desigualdades”, incluindo também um sistema de indicadores, o aprofundamento de conceitos e métodos, a promoção de conferências, debates e publicações, assim como a realização de projetos de investigação e estudos especializados sobre o tema. O Observatório das Desigualdades é uma estrutura independente constituída no quadro do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-IUL) do Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL), que é a instituição responsável pelo seu funcionamento e coordenação científica, tendo por instituições parceiras o Instituto de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (ISFLUP) e o Centro de Estudos Sociais da Universidade dos Açores (CES-UA). Para além do suporte permanente garantido pelo CIES-IUL, o Observatório contou com o apoio de diversos ministérios para o seu lançamento e, posteriormente, tem tido apoios específicos para alguns projetos, nomeadamente por parte da FLAD. O Observatório das Desigualdades é, ainda, membro fundador da Rede Europeia “Inequality Watch”.

Date de Início
2008-10-17
Date de Fim
2020-12-31
Parceiros Externos
CIES-IUL - Centro de Investigação e Estudos de Sociologia
Instituto de Sociologia da Universidade do Porto
Centro de Estudos Sociais da Universidade dos Açores
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT
W3C