Novas dinâmicas na migração qualificada: enfermeiros e processos de recrutamento nas periferias da Europa no século XXI
Resumo

A emigração para o Reino Unido de enfermeiros de Portugal e de outros países do leste e sul da Europa começou em 2008 a substituir os fluxos mais antigos da Índia e das Filipinas. A importância deste tópico deve-se à crescente relevância, no século XXI, das políticas públicas de captação de imigrantes qualificados e dos processos de recrutamento a partir do destino, em geral, e na emigração de enfermeiros de países periféricos europeus (Portugal, Espanha, Itália e Roménia) para os do centro e norte (Inglaterra e Alemanha), em particular. Esta emigração, embora acompanhe as tendências da emigração recente destes países, distingue-se, no entanto, pela sua intensidade. O projeto analisará ainda o impacto do Brexit nesta nova dinâmica migratória. Em termos metodológicos, combinará a análise de dados estatísticos internacionais, do Observatório da Emigração, com os da pesquisa intensiva (etnográfica) e extensiva (inquérito).

Date de Início
2018-11-01
Date de Fim
2024-10-31
Informação transferida do Ciência-IUL
ISCTE FCT Portugal
W3C