Semana C&T 2008

2017  |   2016  |   2015  |   2014  |   2013  |   2012  |   2011  |   2010  |   2009  |   2008  |   2007  |   2006  |   2005  |   2004  |   2003  |   2002  |   2001  |   2000

 

24.novembro.2008
 

Introdução ao evento pelo Gabinete de Comunicação e Planeamento (GCP)

Um centro de investigação em Sociologia? Breve apresentação

 

Atividade 1

Os jovens cientistas portugueses: da análise documental de currículos à identificação de perfis-tipo.

Investigadores: Ana Rita Coelho, António Firmino da Costa e Cristina Palma Conceição

Todos os anos a Fundação Calouste Gulbenkian atribui um prémio aos mais promissores jovens cientistas portugueses. Quem são estes jovens? O que fazem e onde trabalham? Em que medida o prémio influencia as suas carreiras? A partir da análise dos seus currículos procurou-se dar resposta a estas questões. Mas enfrentava-se um problema: como transformar a informação diversa e diversificada patente em cada um dos currículos vitae num conjunto de dados passíveis de uma análise global? É este percurso, desde a primeira análise qualitativa dos materiais disponíveis até à identificação final de perfis-tipo dos cientistas com recurso a análise quantitativa, que se pretende dar a conhecer nesta actividade.

 

Atividade 2

Explorar e analisar registos etnográficos

Investigador: Inês Pereira

Com esta actividade, pretende-se apresentar a etnografia como uma das metodologias que pode ser utilizada na investigação sociológica. Após um muito breve enquadramento nesta metodologia e na sua utilização pela sociologia, os alunos são convidados a interagir com diferentes modelos de registo etnográfico (diários de campo, fotografias, filmes e mapas). Será então proposta uma análise destes mesmos registos, cujos resultados poderão ser compilados e agregados numa grelha analítica. Desta forma, o aluno poderá tomar contacto com os métodos de registo etnográfico e experimentar a sua posterior catalogação e análise em grelhas sintéticas.

 

Atividade 3

"Conversas com objectivos": Entrevistas em torno das expectativas escolares dos jovens descendentes de imigrantes.

Investigadores: Elisabete Rodrigues e Magda Nico

Com o objectivo de conhecer e compreender as expectativas e as trajectórias escolares e profissionais dos jovens descendentes de imigrantes a frequentar o 9.º ano de escolaridade, foram entrevistados os diferentes agentes de 5 comunidades escolares em Lisboa: alunos de várias nacionalidades, pais dos mesmos, directores executivos e pedagógicos das escolas e ainda professores.

Os participantes desta actividade vão conhecer como o processo de recolha e de tratamento da informação recolhida através destas "conversas com objectivos" ocorre, os cuidados a ter na elaboração do guião de entrevista e na interacção com os entrevistados, e os procedimentos a seguir na análise de conteúdo temática.

 

Atividade 4

Europeus baralhados entre família e trabalho: a utilização de um inquérito internacional num projecto de investigação

Investigadores: Inês Cardoso, Bernardo Coelho e Paula Jerónimo 

Introdução às técnicas de análise de um grande questionário internacional de carácter longitudinal e de aplicação bienal que pretende explicar as mudanças nas sociedades europeias. Damos particular atenção à temática da conciliação entre vida profissional e vida familiar. Como é que os europeus organizam o seu quotidiano entre o cuidado com os filhos e as responsabilidades do trabalho? E quem faz as tarefas lá em casa? Existirão diferenças entre homens e mulheres? E entre países?

 

Percursos

Breve apresentação do percurso de dois investigadores do CIES-IUL - ISCTE-IUL

Investigadores: Renato Carmo, Luísa Veloso

 

 

 

Sessão de trabalho

 

Apresentação final

ISCTE FCT
W3C